Título: A Ilha Perdida
 Autor: Maria José Dupré
 Editora: Ática
 Número de Páginas: 128
 Publicação: 1944
Classificação no Skoob4/5

 

Descobrir o mistério da ilha perdida. Era esse o ousado projeto dos irmãos Henrique e Eduardo. Porém quando mal começava a excursão, depois de atravessar o rio, os dois se viram tão perdidos quanto a própria ilha em que se encontravam.

Que surpresas se escondiam por trás da densa mata que recobria toda a paisagem? Quem seria Simão, o solitário e enigmático habitante da ilha, que separou os dois meninos, levando Henrique para sua caverna? E, afinal, Henrique era um hóspede ou um prisioneiro?
Venha se perder nessa ilha fantástica de emoção e magia.

Nesse mistério juvenil vamos conhecer a aventura dos irmãos Henrique e Eduardo.

Passando as férias na fazenda de seus tios, em Taubaté, onde corre o rio Paraíba, os dois irmãos conhecem a história da ilha perdida, os dois perguntam ao primo Bento se alguém mora na ilha e o primo responde que alguns dizem que lá mora um homem ruim e revela ter visto uma fumaça uma vez. Curiosos, os dois resolvem embarcar em uma aventura na ilha perdida.

Os dois encontram uma canoa para a viagem e dizem que vão passar o dia em uma fazenda,separam o que precisam para consertar a canoa ,comida para o dia e fósforo para fogueira. Ao chegarem na ilha viram que o dia ia ser divertido. Mas tudo muda na hora de voltarem para casa pois Não achavam o lugar onde haviam deixado a canoa.

perdidos são obrigados a passar a noite na ilha,na manhã seguinte sem terem descansado direito,encontram a margem do rio e procuram pela canoa,durante a noite havia tido enchente e a canoa foi levada rio abaixo,os dois resolvem fazer uma jangada, procuram por cordas e tudo que precisam. Mais tarde sentindo fome procuram por frutas e encontram bananas , a aventura se estende pois a jangada não é tão facil de se construir. Henrique sente vontade de comer mais bananas e sai para buscar promentendo voltar logo.

E é aí que a aventura começa de verdade. Um homem aparece e considera Henrique um espiao ou caçador e o leva como prisioneiro. O homem se chama Simão, e ele mora na ilha desde sua juventude e se considera amigo dos animais.

O menino fica prisioneiro por uns dias e com o tempo consegue a confiança do morador e se tornam amigos,vive MUITAS aventuras, porem continua prisioneiro e preocupado com seu irmao.

Já contei muito né?? Vale a pena a leitura eu garanto.

Este foi o primeiro livro que eu me lembro de ter lido e nunca mais esqueci. Já li ele várias vezes e nunca me canso.

O que acharam da resenha? ficou curioso para saber o que aconteceu na ilha?

Deixar um comentário